Notícias

24
ago

Entenda o procedimento cirúrgico da catarata

Clinica_Bolzan_-_Blog_-_Cirurgia_da_catarata-300x120

A catarata é uma doença ocular que provoca a perda de transparência da lente natural do olho, o cristalino. Com o tempo, ocorre uma perda significativa na acuidade visual, tornando a visão turva e embaçada.

Mas a notícia boa é que é possível “curar” essa doença através da cirurgia de catarata. Cirurgia essa que avançou muito nos últimos anos, de forma que hoje em dia usamos de altíssima tecnologia em uma cirurgia extremamente detalhada, para remover o cristalino doente e implantarmos uma lente artificial em seu lugar, restaurando a visão que estava prejudicada pela catarata. Hoje em dia, a cirurgia pode ser realizada com anestesia local, não requer internação ou pontos, e ao escolhermos uma lente intraocular personalizada para cada paciente, podemos diminuir ou até zerar o grau dos óculos.

 

Sobre a cirurgia

 

Com o diagnóstico de catarata, inicia-se o procedimento para a cirurgia (faco-emulsificação). De forma clara e segura, o cirurgião (ou anestesista) aplica um anestésico local para diminuir as chances de uma complicação durante a cirurgia. A seguir, uma pequena incisão é feita na parte lateral do olho, onde fluídos podem ser usados para dar suporte às estruturas vizinhas.
A cápsula anterior do cristalino é removida para liberar acesso à catarata. O cirurgião usa ondas de ultra som para fragmentar e emulsificar a catarata. Esses fragmentos são então removidos, inserindo uma lente intra ocular ou LIO no saco capsular.

Não se preocupe, o procedimento é seguro. Se persistir os sintomas citados no inicio do texto ou dúvidas sobre o procedimento e tratamento, entre em contato conosco!

ARQUIVOS

Nossa Localização: