Notícias

11
fev

Estudo demonstra resultados no tratamento para DMRI

clinica-bolzan-oftalmologia-blog-tratamento-para-dmri

A Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI) é uma condição degenerativa caracterizada pela perda gradual de visão central devido à deterioração da mácula (parte da retina responsável pela visão dos detalhes). Acomete, sobretudo, indivíduos acima de 50 anos e conduz-se progressivamente conforme o envelhecimento natural. Apesar do motivo pelo qual surge ainda ser desconhecido, a DMRI é considerada a terceira maior causa de cegueira entre as pessoas acima de 60 anos no Brasil.

 

Recentemente, um estudo foi divulgado no jornal da USP sobre a eficácia do uso de células-tronco derivadas da medula óssea para a recuperação da qualidade visual dos portadores de DMRI. A pesquisa, que foi realizada na Faculdade de Medicina da USP em Ribeirão Preto e publicada no periódico Clinical Ophthalmology, revelou uma melhora significativa da visão e uma maior estabilidade na fixação em pacientes com a condição.

 

Foram analisados dez indivíduos com mais de 50 anos com grau avançado de degeneração macular seca – um subtipo da doença caracterizado pelo acúmulo de proteínas e gorduras conhecidas como drusas. O material da medula colhido de cada paciente foi processado e as células-tronco isoladas nos laboratórios do Hemocentro do Hospital das Clínicas da FMRP, sendo então injetado próximo ao local de ação.

 

Os pacientes foram observados de três em três meses até completar um ano, passando por  consultas e também respondendo questionários para avaliar a qualidade de vida. Durante todo o acompanhamento, o tratamento mostrou-se seguro e não apresentou crescimento de vasos indesejados ou complicações graves da retina.

 

As conclusões ainda são iniciais e mais estudos precisam ser feitos para que a prática seja aplicada no dia a dia, mas é um grande avanço de cientistas brasileiros com uma opção de tratamento à uma das grandes causas de cegueira em todo o mundo !

ARQUIVOS

Nossa Localização: