Notícias

12
set

Cirurgia Refrativa

 

cirurgia-refrativa

É cada vez mais comum a procura por procedimentos que diminuam ou até excluam a dependência aos óculos. Nos dias de hoje a cirurgia refrativa é reconhecida como o método mais eficaz para a correção permanente dos graus. É notoriamente sabido que existem 3 tipos de ametropias (tipos de graus dos olhos: hipermetropia, miopia e astigmatismo) e, com as técnicas desenvolvidas até hoje, é possível a correção desses 3 tipos de grau. Para melhor compreensão segue um resumo das ametropias:

 

1-) Hipermetropia:   

Ocorre quando o globo ocular tem tamanho menor do que o normal, com isso a imagem absorvida pelo olho acaba sendo formada depois da posição normal. Pacientes hipermetropes apresentam maior dificuldade visual para perto.
cirurgia-refrativa-santos

2-) Miopia:

Os pacientes míopes apresentam globo ocular maior do que o normal, fazendo com que a imagem absorvida seja formada antes da posição normal. Os míopes apresentam uma visão de perto melhor do que hipermetropes, porém apresentam maior dificuldade para longe.

o-que-e-miopia

 

3-) Astigmatismo:

Diferentemente da miopia e hipermetropia, não tem relação com tamanho do globo ocular, mas sim com a regularidade corneana. Ele ocorre devido a distorção na absorção da imagem, devido a irregularidade da córnea.
ASTIGMATISMO

 

 

Os Tipos de Cirurgias Refrativas

Como dito anteriormente, é possível a correção destes 3 tipos de ametropias. Hoje em dia existe uma variedade de técnicas cirúrgicas para cada caso. Os dois tipos mais comum são chamados de: PRK e LASIK

 

1-) PRK: Técnica cirúrgica na qual é realizado uma desepitelização da córnea (retirada da camada mais superficial corneana) para depois realizar o laser. Considerada uma técnica eficaz, porém podendo levar à um desconforto pós-operatório.

 

CIRURGIA-PRK

 

2-) LASIK:  Técnica cirúrgica na qual não é necessário a desepitelização da córnea, porém é realizada uma incisão em uma camada corneana mais profunda a fim de levantar um “flap” corneano e assim realizar o laser.

CIRURGIA-LASIK

Existem Variações de ambas as técnicas como LASEK, Epi-lasik e Epi-Lasek, porém cada caso deverá ser analisado entre médico e paciente para a melhor escolha do procedimento.

 

 

Existe cirurgia para melhorar a visão de perto?

Não existe uma cirurgia exata para correção da presbiopia (dificuldade de focalizar para perto em pacientes acima de 40 anos). Existem alternativas que podem ser discutidas com seu médico a fim de prover uma melhor qualidade visual ara perto.

É importante frisar que a cirurgia refrativa, apesar de bons resultados, pode apresentar algumas complicações (mesmo que poucas) e a mesma pode ser contra-indicada em alguns pacientes por diversos motivos como: córnea fina, alta ametropia (alto grau), instabilidade corneana, ou risco de progressão para algumas ectasias (alterações na curvatura corneana podendo levar a doenças como o ceratocone).

Todo paciente deverá realizar exames periódicos para saber se tem condições para cirurgia, o grau deverá se manter o mesmo por um período mínimo de 1 ano (diminui o risco de recorrência do grau após a cirurgia).

Em Caso de dúvida consulte seu médico, ele tem o dever de lhe informar sobre riscos e cuidados.

 

ARQUIVOS

Nossa Localização: